';
side-area-logo
Home // Museu Virtual // Tijolo com pegada de cão

Peça descoberta durante as escavações arqueológicas no Castelo de Montemor-o-Novo, em contexto do século XVI/XVII, será muito provavelmente o resultado da desatenção do mestre do telheiro com o seu companheiro. Com o tijolo ainda a secar, o cão terá deixado a sua marca para a eternidade. Não obstante, o tijolo não deixaria de ser utilizado para a construção, já que surgiu em contexto de derrube de uma habitação e ainda se podem observar os restos da argamassa que o ligariam à restante estrutura arquitectónica.
Mais do Museu Virtual