February 20, 2015

A Gruta do Escoural na National Geographic

Capture1111

A edição deste mês de Fevereiro da revista National Geographic possui uma infografia relativa à Gruta do Escoural com texto de Gonçalo Pereira, ilustrações da Anyforms e textos relativos à arte Parietal por António Carlos Silva (que colaborou connosco no nosso documentário acerca deste mesmo monumento). Para além da versão impressa, a infografia pode também ser consultada no vídeo que partilhamos em baixo:

 

 

“A cerca de cinco quilómetros de Santiago do Escoural, no concelho de Montemor-o-Novo, localiza-se a gruta do Escoural, um dos santuários mais exuberantes da arte parietal pré-histórica em Portugal. Foi descoberta acidentalmente em 1963 e acompanhou as próprias vicissitudes do estudo arqueológico em Portugal. Estudada em início de carreira pelo arqueólogo Farinha dos Santos, que se ocupou da escavação da necrópole neolítica no seu interior, despertou em 1965 o interesse do abade Glory, estudioso de Lascaux, que publicou em França um estudo notável, apesar de apenas ter estado três dias na região. Um projecto de documentação foi travado pela morte de Glory em 1966 e, apesar de descobertas pontuais de novos signos, a gruta só voltou a ser investigada após 1977, quando Farinha dos Santos, Jorge Pinho Monteiro e Mário Varela Gomes conduziram trabalhos no local, incluindo escavações num povoado da Idade do Cobre existente sobre a gruta, permitindo a descoberta de um conjunto de gravuras datadas do Neolítico. João Luís Cardoso, entretanto, estudou a fauna paleontológica que ocupou a cavidade, encontrando vestígios de hiena e leão-das-cavernas. Após 1989, António Carlos Silva, M. Otte e Ana Cristina Araújo dirigiram novos trabalhos de escavação, confirmando uma primitiva ocupação do local pelo homem de Neanderthal e identificando novas expressões artísticas. O último trabalho de fôlego no Escoural não foi científico: a requalificação do espaço pelo arquitecto Nuno Simões, há muito necessária, melhorou as condições de visita desta câmara de acesso ao Paleolítico Superior e ao epipaleolítico. A investigação, entretanto, tem novas fronteiras: conseguirá a tecnologia no futuro datar com mais precisão o impressionante conjunto artístico do Escoural?”

 

Fonte: National Geographic






CONTACTE-NOS


Serviço de Património Cultural,
Divisão de Cultura, Desporto e Juventude,
Município de Montemor­-o-­Novo
Convento da Saudação,
7050-164  Montemor-­o­-Novo – Portugal
Tel: 266898100
Email: geral@montemorbase.com

Termos e Condições