DOCUMENTÁRIOS
Santa Maria do Bispo 3D - Montemor-o-Novo 1534
03 de Outubro 2015

Localizada no interior do recinto amuralhado do Castelo de Montemor-o-Novo, a Igreja de Santa Maria do Bispo era a principal igreja da antiga vila no século XVI. O documentário “Santa Maria do Bispo 3D – Montemor-o-Novo 1534″ conta a história desta igreja, hoje um monumento em ruínas, reconstruída através das novas tecnologias e do conhecimento científico adquirido graças às fontes históricas, aos registos pictóricos e aos paralelos arquitectónicos.

VER DOCUMENTÁRIO >>
A Gruta do Escoural
20 de Dezembro 2014

Descoberta numa tarde de Abril de 1963, após uma explosão de uma pedreira, a Gruta do Escoural revelou-se um sítio incontornável para a história da arqueologia em Portugal. Aquilo que a Gruta do Escoural representa hoje, transcende o seu valor turístico, e assume-se como uma referência internacional para a arte do Paleolítico enquanto ponto mais ocidental da Europa com este tipo representações artísticas da Pré-História.

VER DOCUMENTÁRIO >>
Cerâmica Quinhentista do mosteiro de Sto. António de Lisboa, em Montemor-o-Novo
29 de Setembro 2014

Em completo estado de ruína em meados do século XX, o mosteiro de Santo António de Lisboa em Montemor-o-Novo escondia nas suas abóbadas, antes da sua reconstrução arquitectónica, uma colecção de olaria ímpar no panorama nacional do século XVI. Pela sua especificidade e quantidade, esta colecção do Museu de Arqueologia de Montemor-o-Novo é um exemplo único para a compreensão do seu contexto histórico, não só pela representatividade das peças enquanto objectos utilitários mas também pela sua reutilização enquanto elemento de construção arquitectónica.

VER DOCUMENTÁRIO >>
A Cripta dos Mascarenhas
01 de Julho 2014

A família Mascarenhas teve uma forte ligação à alcaidaria de Montemor-o-Novo, estando ainda intensamente envolvida no financiamento da construção de muitos daqueles que são hoje considerados monumentos históricos na cidade. Nestas obras, D. Fernão Martins de Mascarenhas foi figura central e mandou ainda construir o mausoléu da sua família no Convento da Saudação. Na cripta dos Mascarenhas, no seu túmulo perdurava uma espada que era do seu pai, D. João, que havia combatido na batalha de Alcácer Quibir.

VER DOCUMENTÁRIO >>
Cerâmica Montemorense
10 de Maio 2014

Com referências documentais e dados arqueológicos que traçam a actividade oleira em Montemor-o-Novo desde, pelo menos, o século XIV, terá sido no século XVI que este centro oleiro alentejano atingiu a sua época áurea colocando-o ao nível de outros grandes centros de produção cerâmica tais como Estremoz, Évora ou Lisboa. Viria a ser suplantado no século XVIII pelo centro oleiro das Caldas da Rainha e, a partir daí, começou a perder fulgor até desaparecer, por completo, em meados do século XX.

VER DOCUMENTÁRIO >>



CONTACTE-NOS


Serviço de Património Cultural,
Divisão de Cultura, Desporto e Juventude,
Município de Montemor­-o-­Novo
Convento da Saudação,
7050-164  Montemor-­o­-Novo – Portugal
Tel: 266898100
Email: geral@montemorbase.com

Termos e Condições